sábado, 12 de março de 2011

10/03 foi um dia muito importante para mim e acredito que também para muitos fãs, porque uma das melhores bandas que eu já conheci na vida está fazendo mais um ano de formação, mais um ano de alegria, sucesso, mais um ano fazendo seus fãs felizes e orgulhosos. Não, eu não tenho vergonha de falar que eu amo essa banda, pode até não ser uma banda tão conhecida, mas é a minha banda preferida. Confesso que não os conheço desde o começo, mais os últimos dois anos foram os mais felizes, com as letras e melodias mais lindas que eu já li e ouvi. Eu sentia que em mim faltava alguém para poder me mostrar em palavras tudo o que eu sinto, tudo o que se passa na minha cabeça... E me lembrando de tudo isso agora me dá até um fio na barriga, uma alegria que eu não consigo conter, encontrar pessoas tão verdadeiras com seus sentimentos e tão talentosas, encontrar tudo o que eu procurava em um lugar só, em uma banda só, eu fico feliz por ter conhecido The GazettE. Pode até parecer mentira, mais eu pude ser uma pessoas mais honesta comigo, mais observadora, e até um pouco mais romântica e neurótica depois que passei a escutar The GazettE. Às vezes eu me imagino como seria se eu não os conhecesse, não conhecesse sua música, ou como eu demorei a achá-los, são coisas meio contraditórias, mas milhões de pensamentos me invadem quando penso em The GazettE.
Ruki nasceu com o dom para compor músicas, para escrever sentimentos, e admito que as maiorias dos meus textos são inspiradas em suas letras.
E tive até vontade de aprender a tocar bateria, parece tão divertido quando vejo Kai tocando o instrumento, eu consigo perceber a sua empolgação pelo seu belo sorriso e covinhas fofas.
Meu instrumento preferido sempre foi guitarra, é um instrumento que se destaca, e eu ainda sonho em algum dia tocar como Aoi ou Uruha, fazer aqueles solos que eu acho tão difícil e complicado, espero um dia ser tão talentosa como eles.
Antigamente eu pensava ‘Mas para quê serve o baixo? Acho um instrumento tão inútil’ mas depois de ver Reita tocando mudei completamente minha opinião, ele é realmente um ótimo baixista. Antes eu nem reparava no som do baixo e mal sabia distinguir uma guitarra de um baixo, mas hoje em dia passei a observar mais o baixo. É um instrumento simples, mas pra mim tem um grande valor, espero um dia aprender a tocar baixo também.
Eu estou longe de imaginar o fim, e acredito que ainda seja o começo, e que ainda tem mais surpresas os aguardando, tem ainda muitos passos a percorrer, muitos obstáculos para enfrentar, mas sempre de mãos dadas, sempre juntos.

Parabéns pelo sucesso, vocês merecem isso e muito mais. Parabéns pelos 9 anos, e que mais 9 anos venham, que com certeza, nós, fãs, vamos continuar amando e apoiando vocês! Obrigada por tudo, mesmo...

thegazettE9years

Veja em inglês aqui : http://migre.me/51YsF

Nenhum comentário:

Postar um comentário