sábado, 5 de março de 2011

Queria descobrir quando foi que cai na sua ilusão. Quando me deixei levar pelo seu falso amor. Logo você, que fazia tão bem ao meu coração, aquela pessoa que sempre me fazia sorrir, aquela que me fazia sentir, ser capaz de qualquer coisa. Você, a pessoa que eu mais amei, aquela pessoa para quem tanto me entreguei, é você, a mesma pessoa que pisou em meu coração, me desfez em suas mãos, a mesma que deixou em pedaços e quis partir. As lembranças ainda estão espalhadas pelo chão, e a dor continua em meu coração. Você me mostrou que tempo ainda não passou, e que nem a dor e nem o rio de lágrimas cessou.


Nenhum comentário:

Postar um comentário